Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Granjinha/Cando

e Vale de Anta... factos, estórias e história.

Necrópole e Muralha Romana/Escavações Arqueológicas 2010

20
Fev12

Capela da Granjinha- IGESPAR IP | PATRIMÓNIO |

www.igespar.pt/patrimonio/pesquisa/geral/arqueologico.../sitios/?...Em cache
Não é útil? Pode bloquear os resultados de www.igespar.pt quando pesquisa com sessão iniciada.
Bloquear todos os resultados de www.igespar.pt
CNS: 5214. Tipo: Capela. Distrito/Concelho/Freguesia: Vila Real/Chaves/Vale de Anta. Período: Romano e Idade Média. Descrição:
 
Capela da Granjinha
CNS:5214
Tipo:Capela
Distrito/Concelho/Freguesia:Vila Real/Chaves/Vale de Anta
Período:Romano e Idade Média
Descrição:O sítio situa-se no eixo viário da estrada romana Bracara Augusta-Aquae Flaviae, numa zona de alta potencialidade agrícola. No perímetro da pequena aldeia foram encontrados, em diversas ocasiões, numerosos vestígios arqueológicos, bases e fustes de coluna, partes de mosaico, inscrições, peças de bronze, uma estátua de mármore e cerâmica.
Meio:Terrestre
Classificação:Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público
Conservação:-
Processos:S - 05214
Bibliografia (5)

Fotografias (17)
GAC/09 - U.E. [2] GAC/09 - U.E. [3] GAC/09 - U.E. [18] GAC/09 - U.E. [19] GAC/09 - U.E. [21] GAC/09 - U.E. [22] GAC/09 - U.E. [36] GAC/09 - U.E. [38] GAC/09 - U.E. [41] GAC/09 - U.E. [45] GAC/09 - U.E. [55] GAC/09 - U.E. [57] GAC/09 - U.E. [62] GAC/09 - U.E. [64] GAC/09 - U.E. [66] GAC/09 - U.E. [81] - Alçado Oeste GAC/09 - U.E. [81]

A GRANJINHA MERECE MAIS...

09
Set10

MURALHA ROMANA


 

Recentemente foi descoberta na Granginha,  entre outras ruínas, esta muralha romana.

Este era o aspecto de  quando foi posta a descoberto. Um muro perfeito, que mais parecia ter sido acabada de construir, quando terá possivelmente 2000 anos ou até mais.

Mas, decorridos 6 meses após a sua descoberta, a muralha lá continua, mas já com sinais de deterioração, e não se sabe quanto tempo aguentará, pois já são visíveis pedras soltas.

Consegue-se em poucos dias o que durante séculos os "bárbaros" não conseguiram!!!

Será que vamos conseguir deixa-lá pelo menos como a encontramos para as futuras gerações ?

Aguardando a discussão sobre se vale ou não a pena musealizar  o local, ou se há verbas disponíveis  "ela" continua à espera que as entidades do costume se dignem pronunciar, fazer ou mandar fazer qualquer coisa.

 

      
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/b510482fe/6979758_nZOGh.jpeg

História escondida...

08
Jun10

 

 

Vestígios da VILA ROMANA da Granginha, estas fotos já estão desactualizadas, este local já foi arrasado.

 

Se este local fosse num grande centro ou litoral, talvez não fosse! Assim como não é, já está!!!!

 

Não sei qual será o critério de musealização dos locais com HISTÓRIA, de qualquer forma, será que algum responsável do IGESPAR ou outros responsáveis, avaliaram a possibilidade mostrar o que está aqui soterrado?

 

Sim Já sabemos, estamos em crise, não se justifica, gastar aqui verbas que farão falta em locais mais "vistosos", etc, etc...

 

 

escavações arqueológicas - Capela da Granginha

29
Jan10

 

 

  Depois de um "até já" forçado, devido à falta de internet, a esperada notícia !

 

Escavações arqueológicas no adro da Capela da Granjinha

 

    Quarta-feira passada, a Câmara Municipal de Chaves,  iniciou as sondagens arqueológicas com vista à execução do projecto de requali-ficação da envolvente da Capela da Granginha.

       Podemos no entanto dizer, do que nos foi possível observar, que as sondagens já se transformaram em verdadeiras escavações arqueoló-gicas.

   Uma primeira foto nocturna...

 

   Observamos que apenas  a alguns centímetros da superfície são visíveis vestígios de outras épocas!

  Podemos observar em primeiro plano grandes lajes em pedra, que   poderão ser sepulturas. Possivelmente  a continuação da necrópole já encontrada no interior da capela. Caso se confirme irá obrigar a juntar a equipa de arqueólogos um antropólogo, para acompanhar o desenrolar das escavações.

  É também visível um capitel, embora ainda enterrado, tudo indica, segundo os arqueólogos seja da época românica!

  Pelas  primeiras impressões, parece que os arqueólogos irão ter muito trabalho. Oxalá assim seja!

  Aguardamos que as entidades responsáveis pela preservação do nosso património histórico, visitem o local e fiquem sensibilizadas, caso os vestígios encontrados o justifiquem e transformem o local numa "Sala de História" !

      Não gostaríamos de ver repetida a palavra dita há 24 anos atrás, ali bem perto!

    

        tapem, tapem...